Psicólogo Marcus Spruck

CRP 08/05539(PR) e CRP 12/18111(SC)

Sou psicólogo formado pela atual UTP em 1994. Ao longo da minha carreira estudei Gestalt-terapia, psicologia corporal, psicologia sistêmica, EMDR e terapia cognitivo comportamental.

A principal linha de condução de tratamento é a Terapia Cognitivo Comportamental (TCC), mas sempre que necessário utilizo recursos de outras terapêuticas para otimizar o processo psicoterápico.

Um dos principais aspectos do trabalho é a atenção cuidadosa a eventos traumáticos que possam estar impedindo o enfrentamento de problemas atuais, gerando os mais diversos sintomas, como ansiedade, depressão, etc., e o consequente desenvolvimento pessoal. Para isso, utilizo o Eye Movement Desensitization and Reprocessing (EMDR), um método comprovadamente eficaz para acessar, de forma segura e cuidadosa, memórias antigas perturbadoras, visando a resolução dos conflitos advindos de tais memórias conduzindo a um sentimento de tranquilidade e autoconfiança.

Em função da multiplicidade de formações realizadas, o tratamento é planejado de acordo com as necessidades específicas do cliente/paciente e sempre com objetividade e respeito às características individuais.

Ofereço também trabalhos de treinamento e palestras referentes a questões de saúde, desenvolvimento pessoal e profissional.

Principais Tratamentos

Depressão

Ficar desanimado de vez em quando faz parte da vida, mas quando emoções como desesperança e amargura se tornam persistentes, pode-se estar sofrendo de depressão. Mais do que uma tristeza devida às perdas e frustrações da vida, a depressão altera o pensamento, o sentimento e o comportamento no seu dia-a-dia. Ela pode interferir na sua capacidade de trabalhar, estudar, alimentar-se, dormir, relacionar-se e desfrutar da vida. Pode ser difícil apenas o fato de suportar o dia. Valorizar os aspectos positivos da vida e recobrar a capacidade de ação são os objetivos principais no tratamento deste transtorno.

Bipolaridade

Todos temos altos e baixos, mas no transtorno bipolar (antigamente conhecido como transtorno maníaco-depressivo) estes são muito amplos. A bipolaridade causa alterações de humor, energia, pensamento e comportamento desde os altos da mania até os baixos da depressão. Além de apenas estar de bom ou mau humor, os ciclos da bipolaridade podem durar dias, semanas ou meses. Diferentemente das alterações de humor normais, a bipolaridade pode interferir no desempenho escolar ou profissional, prejudicar os relacionamentos e impedir seu funcionamento cotidiano. Aprender a identificar e lidar com seus estados de humor pode ajudar a modular as emoções e adequar o comportamento.

Ansiedade

As preocupações, medos e crises de ansiedade estão dificultando lidar ou curtir a vida? Não interessa qual o tipo de transtorno de ansiedade você tenha e qual a sua intensidade. Sempre é possível retomar o controle dos seus pensamentos e sentidos e voltar a ter paz de espírito.

Pânico

O ataque de pânico é um surto de medo intenso caracterizado por sua intensidade de forma inesperada, debilitante e congelante. O coração pulsa rápida e fortemente, a respiração fica pesada e a sensação é de estar morrendo ou enlouquecendo. Esses ataques parecem surgir do nada e sem motivo aparente, podendo ocorrer mesmo quando se está relaxado ou dormindo. Identificar os gatilhos dos ataques e tratá-los na sua origem ajuda a tolerar e eliminar este transtorno invasivo.

Transtorno obsessivo-compulsivo

É normal verificar se a porta está trancada, preocupar-se que algo possa ter lhe contaminado ou ter pensamentos violentos desagradáveis de vez em quando. Mas no TOC, os pensamentos obsessivos e comportamentos compulsivos se tornam tão intensos e frequentes que interferem no seu funcionamento cotidiano. Ele se caracteriza por pensamentos indesejados e comportamentos ritualizados e repetitivos que se sente a obrigação de realizá-los. Mesmo consciente que tais pensamentos e comportamentos são irracionais, é praticamente impossível enfrentá-los e impedi-los.

Timidez patológica (fobia social)

Muitas pessoas ficam nervosas ou envergonhadas quando precisam fazer uma apresentação ou fazer uma entrevista de emprego, por exemplo. Mas o transtorno de ansiedade social é mais que timidez ou nervosismo naturais. Ele se caracteriza por um medo intenso de certas situações sociais, especialmente as inéditas ou as quais se sente que se possa ser observado e avaliado. Tais situações podem ser tão assustadoras a ponto de evitá-las causando prejuízos ao andamento da vida.

Trauma (estresse pós-traumático)

Após uma experiência traumática é normal ficar assustado, triste, nervoso e isolado. Porém, se o nervosismo não passar, pode estar se desenvolvendo um quadro de transtorno de estresse pós-traumático (TEPT). Este transtorno pode surgir após qualquer evento que ponha em risco a nossa segurança, seja física ou emocional. Geralmente ele é associado com acidentes ou violência, mas qualquer evento que sobrecarregue a capacidade de lidar com as emoções pode traumatizar, principalmente se o evento for imprevisível e incontrolável.

Problemas sexuais

O tema sexo evoca uma variedade de emoções desde amor, excitação e ternura até ansiedade e desapontamento. Muitas pessoas vivenciarão todas estas emoções ao longo da vida adulta. Seja o problema grande ou pequeno, muito pode ser feito para desenvolver ou retomar uma vida sexual satisfatória. O bem estar sexual tem relação direta com a saúde física, mental e emocional. Comunicar-se empaticamente com seu parceiro, ter um estilo de vida saudável, buscar ajuda profissional e informação de qualidade ou apenas aprender a “brincar” pode ajudar a enfrentar momentos difíceis.

Dificuldades de relacionamento (família e trabalho)

Você tem problemas em se envolver com alguém ou ser ouvido? Para resolver isso é necessário desenvolver a capacidade de se comunicar de forma clara, objetiva e empática com seu parceiro amoroso, família, amigos, chefe e colegas.

Relacionamento abusivo

Quando pensamos em relacionamento abusivo, nos vem à mente violência doméstica. Porém, relacionamento abusivo inclui qualquer tentativa que uma pessoa faz para dominar e controlar a outra em uma relação íntima. Relacionamento abusivo e violência doméstica atendem apenas ao propósito obter e manter o controle do outro. O abusador utiliza o medo, a culpa, a vergonha e a intimidação para manter o abusado sob suas regras e desejos.

Abuso de álcool e drogas

Atualmente, com o crescente aumento da ansiedade e do estresse, busca-se tentar mudar a forma pela qual nos sentimos. Cada vez mais, as pessoas usam a comida para melhorar o humor, fumam um baseado para ajudar a relaxar ou bebem para lidar com as preocupações. O uso de ansiolíticos ajuda a dormir, medicamentos para déficit de atenção mantêm o foco para realizar tarefas tediosas e analgésicos anestesiam a dor do que se está passando no momento. Porém, a ingestão de uma substância como único recurso para lidar com os desafios da vida pode se tornar um risco para a saúde e apenas mascara a origem dos problemas e não ajuda no seu enfrentamento.

Recursos Terapêuticos

Terapia cognitivo-comportamental

A TCC é um método de tratamento psicológico altamente científico, pois é estruturado no meio acadêmico por meio de amplos estudos e pesquisas, os quais atestam a eficiência dos protocolos desenvolvidos para cada transtorno. Usualmente, trabalha-se com um diagnóstico definido e em parceria com psiquiatra e medicação.

Psicologia sistêmica

A psicologia sistêmica ajuda o paciente, ou pacientes no caso da terapia de casal ou família, a compreender seu papel e as possíveis disfunções nas suas relações que geram sofrimento, buscando uma comunicação mais clara e empática para uma melhor harmonização destas relações.

Gestalt-terapia

A Gestalt é a terapia do aqui-e-agora. Uma terapêutica desenvolvida para ampliar a consciência do paciente a fim de recobrar a capacidade de entrar em contato consigo mesmo e com o mundo. O principal conceito é o reconhecimento de que o passado já não existe e o futuro ainda não chegou, possibilitando a permanência no presente e, portanto, a responsabilidade (capacidade de responder).

Psicologia corporal

A psicologia corporal visa ajudar o paciente a recobrar seus sentidos amortecidos devidos aos abusos e traumas sofridos ao longo da vida, visando superar as sensações dolorosas e recobrar o prazer de viver, aumentado a vitalidade através de uma respiração profunda e da liberdade de movimentos.

EMDR

O EMDR é um tratamento de ponta para o alívio de sintomas resultantes de traumas de forma relativamente rápida e eficaz. Ele é baseado em estímulos bilaterais, os quais desbloqueiam os aspectos inconscientes das experiências traumáticas para serem elaborados e “abandonados”, aumentando a autoconfiança e o senso de capacidade no enfrentamento dos desafios da vida.

O que é psicoterapia?

Psicologia clínica, psicoterapia ou apenas… terapia.

Estes termos referem-se ao processo de autoconhecimento e enfrentamento de dificuldades psicológicas e emocionais para dar um novo sentido às experiências negativas do passado e desenvolver formas criativas de lidar com os desafios atuais, visando recobrar a satisfação e o prazer em viver.

Sempre que você se deparar com uma situação na qual se sinta ter poucos recursos para lidar ou o sofrimento psicológico e emocional forem incomodativos é importante procurar ajuda profissional, ou simplesmente quando se quer se conhecer mais sobre si mesmo sob uma nova perspectiva.

Quando você não tem a indicação de um profissional feita por um amigo ou conhecido de confiança, faça sua própria pesquisa. Por questões de ética profissional, não podemos oferecer uma consulta gratuita. Mas é possível fazer um contato telefônico para que você explique sua necessidade ao profissional e este possa avaliar seu caso previamente. Aproveite este momento para perceber se o profissional é atencioso e tem os recursos para lhe ajudar.

Geralmente, as sessões de terapia são semanais e têm duração de 50 minutos. Eventualmente, esta frequência pode passar a ser quinzenal ou até mesmo mensal. O tempo de tratamento varia de acordo com o problema tratado podendo ser de algumas semanas ou se estender por meses. De qualquer forma, uma avaliação em conjunto é feita de tempos em tempos para determinar a eficiência do processo. O paciente pode interromper o trabalho no momento que desejar pelo motivo que se apresente.

No momento não estou atendendo presencialmente, apenas por chamada de vídeo ou áudio. Porém, pretendo voltar aos atendimentos presenciais até o segundo semestre, tanto em Curitiba como em Florianópolis, sem deixar de oferecer o atendimento à distância.

Não, meu atendimento é somente particular. No entanto, pode ser que seu convênio reembolse parte do valor pago mediante envio do recibo.

Blog